Domingo, 8 de Agosto de 2004

Diário Nocturno

f632015p.jpg

Cai a noite e,
de novo no universo do meu quarto me refugio.
Sopra uma brisa leve
Beijando-me as entranhas da alma sem pressa.
Afogo-me num mar de lençóis
procurando mil respostas num travesseiro.
Reviro e revolto-me. Basta!
Meu dom é minha sina.
Sofregamente procuro uma folha ... um lápis.
Rabisco os meus sentimentos
carbonizados como o cigarro que expurgo
e sofro tão só nos versos que escrevo.
Procuro razões para a vida, as discrepâncias, as convergências.
Volta e meia sopro a cinza que cai na folha
Como se tentasse apagar os pensamentos das minhas insónias
E olho o escuro aonde ela se perde como o abismo do meu desassossego.
Bocejo. Deito-me e fecho os olhos. Mas novas ideias regurgitam em mim.
De novo o estirador se acende perdurando madrugada fora.
As ideias são confusas e tento ordená-las ao longo das linhas.
Repito o que escrevo, procurando a voz dos sentidos ... mas algo falta.
Revejo poemas antigos como retratos do passado
na esperança de encontrar o ardente engenho de outros tempos.
Sofro. Grito. Mas nada. Lagrimo na folha molhando-a de impotência.
Maldita inspiração que se perde na claridade.
Desisto! Hoje só consigo sentir no escuro
sem saber como o transcrever com luz.
Quem me dera saber escrever no escuro
aquilo que me está no obscuro da alma.

publicado por Lancelote às 15:15
link do post | comentar | favorito
|
10 comentários:
De Anónimo a 9 de Agosto de 2004 às 17:19
Benditas insónias que te deixam escrever assim :)Betty
(http://betty.blogs.sapo.pt)
(mailto:ferreiraelisabete@hotmail.com)


De Anónimo a 9 de Agosto de 2004 às 09:54
Olha obrigada pela tua visita. Vai ao nosso cantinho sempre que quiseres. Beijinhos . L. Van Arle
(http://www.webtertulia.blogs.sapo.pt)
(mailto:lval@clix.pt)


De Anónimo a 8 de Agosto de 2004 às 23:06
Confusão de sentimentos mas gostei do q escreveste...analabeto
(http://analfabetosexual.blogs.sapo.pt)
(mailto:pp@sapo.pt)


De Anónimo a 8 de Agosto de 2004 às 22:59
a continuar assim vai muito bem. parabens.TCA
(http://riscos.blogs.sapo.pt)
(mailto:alvestc@sapo.pt)


De Anónimo a 8 de Agosto de 2004 às 19:20
Ruy, se alguém tem a aprender sou eu, e muito! Abraço e obrigado p'la visita ao Tou no Top!jorgebond
(http://tounotop.blogs.sapo.pt)
(mailto:januarioassuncao@sapo.pt)


De Anónimo a 8 de Agosto de 2004 às 19:16
Vc deixou um grito no meu templo.
Huahuahua, legal vc jah ter feito o item 9) do elevador de 'cm ser louco na sociedade moderna'
C eu morasse m predio axo q eu iria fazer todos heheheHox
(http://www.hox.blogger.com.br)
(mailto:naumtenhu@hotmail.com)


De Anónimo a 8 de Agosto de 2004 às 17:47
Oi! As tuas visitas a meus blogs são um prazer.
Gosto mt tb do teu e este Diário Nocturno é demais. Até brevelumife
(http://fotoseimagens.blogs.sapo.pt)
(mailto:lumife@sapo.pt)


De Anónimo a 8 de Agosto de 2004 às 17:10
Ruy, adoro o nome do teu blogue.
Imagens de água, sons de água...tudo tão especial, é só preciso, parar um pouco para sentir.

O teu diário nocturno, até parece meu também.

Há momentos e momentos e nunca há dois iguais.

Beijinhosbetania
(http://betanices.blogs.sapo.pt)
(mailto:betania33@hotmail.com)


De Anónimo a 8 de Agosto de 2004 às 16:00
Olá Ruy, estive lendo alguns dos teus textos que nos entram pela alma. Pretendo voltar mais vezes para ler mais. Com tua permissão, claro!!!
Estarei sempre a tua espera lá no "Doidice".
Saúde e Paz!!! Bebel
(http://www.doidicedebebel.blogger.com.br)
(mailto:isabella_fs@hotmail.com)


De Silvana a 15 de Outubro de 2006 às 09:59
Por acaso encontrei teu blog e este poema chamou minha atenção, ta espectacular identifico-me com cada palavra k dizes pois neste momento e por isso k estou a passar. beijocas felicidades


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 4 seguidores

.pesquisar

 

.Dezembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Psiu

. Por trás das palavras

. Por amor

. Desencontros

. Faltas-me

. Ausência

. Enquanto há

. Um afundar no amar-te

. O Rosto da Chuva já tem l...

. O Rosto da Chuva

.arquivos

. Dezembro 2014

. Julho 2014

. Fevereiro 2012

. Outubro 2008

. Maio 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds