Terça-feira, 23 de Maio de 2006

Reflexos

 Foto: SirnePhotography

 

as vezes sinto repetir-me e repartir-me
por eternas vezes sem conta
as vezes sinto as músicas como se sempre as tivesse conhecido
as vezes sinto-me cansado de há tanto tempo existir-me
(mas parece que foi ontem que me dei conta de mim)

as vezes caminho caminhos, quase já sem pernas que me andem
as vezes, sou tantas vezes outra vez eu, que o meu eu virou nós
as vezes vejo-me numa bola de cristal,
visualizando a minha repetição de amanhã
(mas sempre acordo e ainda é hoje)

as vezes envergonho-me da minha nudez perante os meus olhares
tantas vezes sou meu par na dança de hoje,
de manhã amanhã, na do amanhã do hoje
tantos os reflexos do “mim” que desconheço,
tantos os “eus” em que não me vejo eu.

as vezes são tantas as dores que não conheço.
tantos os amores que doem. Tanto babel que me desentendo.
mas, mesmo na negação de me saber tantos
no fundo...no fundo dos meus “eus”,
eu bem sei...sei que somos eu.


Ruy de Nilo
17/02/2006
02h26
Alfornelos

sinto-me:

publicado por Lancelote às 01:41
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Anónimo a 25 de Maio de 2006 às 00:23
Finalmente encontraste o teu EU...........rs
Intemporal.blogs.sapo.pt


De Lancelote a 24 de Junho de 2006 às 07:13
infelizmente não...quase sempre apetece-me gritar ao mundo que o desprezo, que nada me diz e que à nada me obriga para que me tenha como seu.
quase sempre apetece-me ser-me o meu mundo, livre e solto de criar a minha própria física sem harmonia nem regras, a minha matemática inexacta, impossível de somas e subtrações, a minha alquimia metafísica depauperada de análises orgânicas e inorgânicas.
Queria um derradeiro encontro com os meus sustos e descrenças. Livre de escolher não ser gente, livre de ser meu Deus, meu guia e meu fim.
Deste mundo, só queria um pôr-de -sol eternamente parado na tela da vida e as palavras para uma eterna poesia. Mas, infelizmente ainda não me encontrei com a curvatura final da minha circunferência, e vivo atormentado pela exaustão da minha procura.



Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 4 seguidores

.pesquisar

 

.Dezembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Psiu

. Por trás das palavras

. Por amor

. Desencontros

. Faltas-me

. Ausência

. Enquanto há

. Um afundar no amar-te

. O Rosto da Chuva já tem l...

. O Rosto da Chuva

.arquivos

. Dezembro 2014

. Julho 2014

. Fevereiro 2012

. Outubro 2008

. Maio 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds