Sexta-feira, 7 de Julho de 2006

Letras com palavras rachadas

Foto: photo.box.sk

sinto-me ausente dos sons em berros de formatura

impondo ritmos aos corpos serpenteados de suor.

recolhi-me às escadas da vontade da letra.

a letra sentou-se do meu lado, escreveu-me um poema:

 

acrescentei um lábio ao dedo, afoguei-o num toque da língua

e escrevi num dos degraus: "tenho descosido o lado esquerdo da alma.

o corpo? dei-o a um mendigo que tremia com o frio da minha dor".

depois, olhei a fuligem no rosto do indicador e vi o reflexo do fundo do meu vazio.

 

estou preso ao que mais temo das minhas extremidades...os meus passos.

por mais que eu me puxe, sempre mergulho na poeira da caminhada.

sempre que evito o escorregar de uma decisão,

sempre sou muito mais mim de encontro à escuridão.

 

arranho a solidão que me busca. a busca arranha a solidão.

escorrendo nas paredes de cada pequeno calar que espreita à cada gesto

sinto-me um espectador do mundo. desconheço onde estou,

mas sei que o mundo cambaleia por baixo do parapeito da minha janela.

 

ali vai a procissão da distância! "lá vai o abraço... logo atrás vai o beijo!

olha a ternura!... do outro lado vem a saudade.

o meu amor vai com ela de braço dado.

quanto me faltou dizer-lhe que ela me faltava e que eu sei que lhe faltei?!

 

a verdade é que a vida corre...e eu o passageiro errado na berma do carril do vagão.

sendado na pena de um sopro de vento, flutuo um aceno na lentidão do ar.

plantei um panfleto no canto da "boca" de uma pomba. partiu-se o caule.

escritos no verso das minhas unhas riscadas pescam pedaços de olhares,

simples diagonais remendadas de branco com histórias do sussurro do abrupto

 

07/07/2006

07h22m

Ruy de Nilo (Alfornelos)

sinto-me:
música: Spandau Ballet

publicado por Lancelote às 05:45
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Teresa Simões Alves a 27 de Julho de 2006 às 10:19
Caminhamos na vida , encontramos emoções diversas,onde todas elas acabam num único ponto "o nosso ser "...este é maravilhoso quando bem conduzido!
Parabens ! linda a menssagem passas-te nas letras com palavras rachadas .....

congelado

De aflores a 4 de Agosto de 2006 às 18:36
Vim espreitar este teu rosto.


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 4 seguidores

.pesquisar

 

.Dezembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Psiu

. Por trás das palavras

. Por amor

. Desencontros

. Faltas-me

. Ausência

. Enquanto há

. Um afundar no amar-te

. O Rosto da Chuva já tem l...

. O Rosto da Chuva

.arquivos

. Dezembro 2014

. Julho 2014

. Fevereiro 2012

. Outubro 2008

. Maio 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds