Sexta-feira, 11 de Agosto de 2006

O Rosto da Chuva

 

É sempre numa terra. E sempre distante da minha realidade.

Apenas está apegada ao meu imaginário por histórias com velhice e sem tempo;

com muitos contos do conto das gentes…uma terra já com história adulta.

Nessa terra cacimbada, ainda tem cheiro dos meus passos, da minha pele.

Sempre a tenho a diambular-me no pensamento.

 

Tem a minha vida sentida com o peito. Tem-me descalço.

Tem a última radiografia do meu esvoaçar no ar

 já calçado com os sonhos de dormir.

Tem o chuviscar infinito tracejado de feridas. Essa terra desconheceu a minha curvatura, mas espera por mim na gávea da espuma,

que se desembrulha no eterno abraço do mar com o meu chão.

 

Essa terra que me cabe no coração…à ela tenho uma ligação de filho.

Se ela sofre, eu sofro no calado do seu sofrimento. Ela escorre-me no respirar.

- Chegamos! Vês esta terra até ao infinito? È desta terra que vos falo.

Esta terra com casinhas vermelhas e pretas…aqui...do lado direito do mapa.

Esta é a minha terra . O que achas?...Dei-lhe o nome de "rosto da chuva".

 

 

Ruy de Nilo

11/08/2006

23h31m

(Casa)

sinto-me: Com a alma dorida! Desalmada.
música: Pixis - Whwere is my mind

publicado por Lancelote às 23:59
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De Teresa Simões Alves a 15 de Agosto de 2006 às 16:23
A terra que nos viu nascer , sempre nos espera, é nela onde moram as nossas raízes , pois estas nunca podemos leva - las .
O rosto da chuva te espera hoje amanhã e sempre !


De gaivota da ria a 16 de Agosto de 2006 às 12:14
Espero que a tua alma não esteja já tão dorida assim.
Há pessoas que não têm apego à terra que os viu nascer, dizem que são cidadãos do mundo, eu não consigo ser assim, quando passo o meu rio, olho para onde a vista alcança em direcção à costa e sinto uma paz imensa, depois olho para o outro lado em direcção à cidade que me viu nascer e sinto a mesma paz...igualzinha à anterior.


De intemporal a 23 de Agosto de 2006 às 09:23
Acredita no provérbio popular: Não há mal que não tenha fim.Um dia tua alma deixará de ficar dorida e serás feliz. Tudo de bom para ti.Um xi


De Kardo Bestilo a 22 de Dezembro de 2006 às 09:31
Esta terra que muito nos diz e à muitos nada diz,
é não só a terra do eu poético, é muito mais do que a terra de todos nós, é a terra de algo tão insiguinificante entre bilhões como eu, tu e ainda mais lindo e importante que nós, mas nunca devidamente valorizada, a Chuva ou melhor a Água.
Que o rosto da chuva ajude de alguma maneira a contribuir para esta terra.

Meu kamba sucesso na longa caminha...

Kardo Bestilo


De Nguimba ngola a 15 de Fevereiro de 2007 às 18:00
Na terra cacimbada , a chuva lava os corações enlameados com pólvora de canhões. Esta terra cujo nome é "rosto da chuva" espera ansiosa as unhas que percorrem no horizonte para desvendar-lhe os mistérios que encerram o progresso. No onírico verdejante do amanhã, as feridas sararão pois o poeta pincela com sua caneta a paz, o bem estar. Eis então que as almas esfaceladas saboreiam mengueleka , quitaba e quicuerra nas casinhas vermelhas e pretas com brilho nos dentes brancos da paz.
Ruy de Nilo, amplexos fraternos no rio do teu coração. NguimbaNgola


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 4 seguidores

.pesquisar

 

.Dezembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Psiu

. Por trás das palavras

. Por amor

. Desencontros

. Faltas-me

. Ausência

. Enquanto há

. Um afundar no amar-te

. O Rosto da Chuva já tem l...

. O Rosto da Chuva

.arquivos

. Dezembro 2014

. Julho 2014

. Fevereiro 2012

. Outubro 2008

. Maio 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds