Quinta-feira, 3 de Julho de 2014

Por trás das palavras

Foto: Ricardo Alves

 

que segredos há em ti

que não deixam que se apague o teu tempo em mim?

que consentem que esvoaces e me sussurres ainda... demorada.

 

(tempo meu, vento teu...)

 

que tracejos cinzelaste

que não deixam

que se apaguem os teus rastos em mim?

 

que pecados irredimíveis me escondo

que me condenam a esta sina?

a que encantos submeteste-me

para que definhe tanto assim

 

(sem oração nem santo que me valha)

 

aos teus olhos

aos teus pés... defronte aos meus...

sempre teu e ateu a tantos outros amores!

 

 

Alvalade

 

 

Ruy de Nilo

sinto-me:
música: Creed

publicado por Lancelote às 20:42
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 4 seguidores

.pesquisar

 

.Dezembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Por trás das palavras

.arquivos

. Dezembro 2014

. Julho 2014

. Fevereiro 2012

. Outubro 2008

. Maio 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds